sexta-feira, 28 de agosto de 2015

"Xuxa Meneghel", uma boa opção para as noites de segunda.

A ida de Xuxa para a Record, sem dúvida foi o acontecimento de maior repercussão da TV Brasileira deste ano (senão dos últimos cinco anos). A sua estreia na emissora foi cercada de muita expectativa, não só pela troca de canal.

Na Record, Xuxa apresentaria um programa de entrevistas nas segundas à noite e ao vivo. Algo diferente de tudo o que ela já fez. Além de ser uma oportunidade para a loira deixar de ser apenas a "Rainha dos Baixinhos".
"Xuxa Meneghel" que estreou semana passada, de fato, não trouxe nada de inovador. Um programa de entrevistas descontraído com atrações musicais. Mas se trata de uma atração divertida e interessante. Além de oxigenar a grade da Record, que atualmente é composta por programas de auditório que parecem oferecer mais do mesmo.

A loira até brincou com a história de que seu programa seria inspirado no de Ellen DeGeneres. De fato, tem muitas coisas semelhantes. Mas se for analisar, tudo o que Ellen já fez já foi ou é copiado em outros programas. Um exemplo claro é o "Luciana By Night" (considero esse a versão brasileira do do programa da Ellen).

Na verdade, a atração lembra mais o inesquecível programa de Hebe Camargo. Inclusive o cenário com sofá e escadas reforça essa ideia. O que não é algo ruim, pelo contrário. Programas desse tipo eram muito comuns até o final dos anos 90, mas que acabaram perdendo espaço.

Dizer que Xuxa é a grande atração do programa é "chover no molhado". Sem a blindagem da Globo, a apresentadora fez a festa. Brincou, riu, fez piada das próprias falhas. Foi um grande acerto exibir o programa ao vivo. Gravado perderia toda a graça.

No programa de estreia houve algumas falhas, como o problema do áudio (parece que isso acontece em todas as estreias). Outro problema foi a escolha dos convidados. Os protagonistas de "Os Dez Mandamentos" foram praticamente ignorados, foi só eles chegarem que a audiência despencou (isso aconteceu mesmo). É sempre importante valorizar os profissionais da casa, mas uma estreia necessita de repercussão. convidados que tenham impacto. O elenco da novela seria muito melhor aproveitado nos próximos programas.

Na segunda edição, pudemos ver como será de fato o programa. Sem a expectativa e o nervosismo, Xuxa estava bem a vontade. O quadro de sexo foi o melhor momento. Na ocasião, a loira afirmou que já fez sexo em público. Momentos como esse vão render momentos únicos.

No geral, "Xuxa Meneghel" é um ótimo programa, uma ótima opção para as noites de segunda. A Record acertou em dar esse formato para a apresentadora. Agora a grande missão é conseguir uma boa audiência, já que mesmo bons, programas como esse não conseguem conquistar grandes índices.

Guto Davis Renosto

3 comentários:

  1. Gosto do programa dela...mas ainda falta alguma coisa p ficar ótimo... bjo
    http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Não sou fã da Xuxa, mas o programa suaviza a imagem da Record que aposta em programas de auditório na base do sensacionalismo, miséria e por ai vai.... Abs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Passados quatro programas, penso que há coisas a melhorar no Programa Xuxa Meneghel. Concordo com vc que a atração destoa do restante da grade da Record, positivamente, e que este tipo de formato a la Hebe Camargo fazia falta na TV aberta. Mas me parece que falta direção. Ontem ela tinha Ivete Sangalo, ou seja, uma ótima convidada. Mas ficou a impressão de que nada foi feito pra aproveitar decentemente a presença de Ivete. Xuxa parecia meio perdida. Falta direção, conteúdo. É ótimo ver Xuxa à vontade, como há tempos não se via na Globo, mas só isso não faz um programa. Abraço!
    André San - www.tele-visao.zip.net

    ResponderExcluir